O primeiro caso ocorreu em Fortaleza. De acordo com a PM, uma patrulha fazia ronda de rotina no Centro da Capital e ao chegar na comunidade Oitão Preto, onde funciona uma cracolândia, se deparou com um homem urinando em via pública. Ao ser abordado, o homem se identificou como vereador de Fortaleza e desacatou os militares. Foi identificado como Emanuel Acrízio (PRP). 



Paulinho Teles foi preso em Crateús. Emanuel Acrízio, em Fortaleza


O parlamentar foi encaminhado ao plantão do 34º Distrito Policial (Centro), onde  registrado um procedimento com a abertura um Termo Circunstanciado de Ocorrência (T.C.O.) nos artigos 233, 331 e 330 do Código Penal, que é praticar ato obsceno em local público, desacatar funcionário público e desobediência, respectivamente.

Outro preso

Já na cidade de Crateús (a 345Km de Fortaleza), o vereador Paulo Roberto Teles de Sousa, conhecido por Paulinho Teles (PC do B),  foi detido na noite deste domingo (6) após desacatar policiais militares em serviço. O fato aconteceu quando  o vereador, bêbado, dirigia sua caminhonete Hilux pela BR-404 em alta velocidade e, numa manobra para desviar-se de um motociclista, jogo a  caminhoneta na direção dos policiais militares da equipe Raio-04 que fazia o patrulhamento na cidade.

Depois disso, ele fugiu do local e foi perseguido pelos PMs, sendo abordado e desacatado os militares. Estava bêbado e trafegando em alta velocidade depois de se envolver em outra batida. Acabou preso e autuado em flagrante na Delegacia Regional de Polícia Civil de Crateús pelos crimes de  desobediência (artigo 330 do Código Penal Brasileiro), resistência (artigo 329) e embriaguez ao volante (artigo 306). O vereador permanece preso. 


 Fonte :  Ceará News 7 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib