Em depoimento à polícia, o agressor disse que não tinha interesse na paternidade e por isso praticou a agressão

Valmir de Meneses Oliveira, 23 anos, foi preso, nesta segunda-feira (21), suspeito de agredir a companheira Janaína Moraes Rodrigues, 43 anos, para forçar o aborto ao descobrir que ela estava grávida, em Araripe, no sul do Ceará. Aos policiais, o homem disse que não tinha interesse em ser pai e por isso praticou a agressão, uma vez que a mulher resistiu em fazer o aborto.
De acordo com a Delegacia de Polícia Civil de Campos Sales, que atendeu a ocorrência, após receber a denúncia da agressão, policiais foram até a residência localizada no Bairro Cohab III e encontraram o suspeito ainda bastante nervoso e a mulher ferida.
A vítima, que confirmou estar gestante, foi submetida a exame de corpo de delito. Não foi divulgado o estado de saúde dela e nem o do bebê. O agressor foi encaminhado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte e deverá responder por crime de violência doméstica.


( Pinheirinho net) 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib