Motoristas cearenses apontam atraso no recebimento da versão física do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), mesmo após o pagamento. Os condutores reclamam da taxa de emissão, no valor de R$ 22,45, que é cobrada no extrato do licenciamento. Já o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) esclareceu que mais de 400 mil documentos foram expedidos e os motoristas que ainda não têm em mãos o seu documento pago, irão receber até o fim de outubro.

A justificativa do Detran-CE é que vários serviços do órgão foram impactos pela pandemia e também devido a paralisações ocorridas nos Correios também neste ano. Conforme o órgão, o motorista que pagou a taxa de licenciamento tem acesso ao seu documento digital, que pode ser baixado por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito. O download do novo documento também pode ser feito no site do Detran-CE.

O certificado, no entanto, agora chegará em um novo formato e não mais aquele conhecido documento verde, impresso em papel moeda pois este deixou de existir e o novo CRLV também pode ser impresso em qualquer lugar no papel comum, pois a segurança é garantida pelo QR code criptografado.

Além disso, de acordo com as informações da Assessoria de Comunicação do Detran-CE, quem não tem acesso ao aplicativo, pode trafegar normalmente se o documento estiver em dias, pois, se parado em alguma blitz, os agentes têm como conferir em um sistema informatizado, por meio da placa do veículo, se este está com as taxas em dia.

"Todos os agentes do Detran utilizam smartphone com acesso à Internet e, através do aplicativo de fiscalização do órgão, checam as placas dos veículos abordados e fazem a consulta. Uma vez que o veículo esteja todo regular, o motorista não será multado, mesmo não portando o documento de licenciamento", informou o órgão.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib