A sessão da Câmara Municipal de Tauá realizada nesta segunda-feira(10), foi marcada por várias cobranças e críticas a gestão municipal, nas áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Agricultura, dentre outras.

Abastecimento de Água

O vereador Vony Sousa apresentou requerimento convidando representantes do Sisar e da Secretaria de Agricultura do município para discutir sobre o abastecimento de água de várias comunidades da zona rural, que são gerenciados pelo Sisar e alvo de constantes reclamações. Por várias vezes o parlamentar fez cobranças para que as providências fosses adotadas, nas comunidades de Bom Jesus e Cachoeirinha do Pai Senhor, mas como a situação permanece inalterada, resolveu pedir que o assunto fosse debatido no plenário da Casa. 

O parlamentar também voltou a reivindicar o início da recuperação das estradas do Distrito de Barra Nova para que os agricultores possam transportar a safra agrícola.

A criação do distrito de Serra de São Domingos também foi defendida pelo parlamentar.

Temporários da Educação

A situação dos servidores temporários da Educação também foi abordada na sessão pelo vereador Vony e outros vereadores reforçaram as cobranças por uma solução para o problema, já que os funcionários foram aprovados em um processo seletivo realizado pela Prefeitura de Tauá e assinaram contrato até dezembro desse ano.

O vereador Valdemar Jr. também falou sobre o tema dizendo que os temporários foram pegos de surpresa com a medida adotada pela Prefeitura de não pagar o mês de julho e ainda não ter autorizado o retorno desses servidores no início de agosto. Ele citou que os assistentes de Educação, vigias, porteiros, merendeiras, auxiliares de serviços e até alguns professores temporários estão preocupados com a possibilidade de não voltarem a trabalhar nesse segundo semestre.

Os vereadores Alaor Mota, Luis Tomas, Antonio Coutinho também pediram o retorno dos servidores temporários.

O vereador Chico Neto disse que o problema estará solucionado até a próxima sexta-feira. 

Insalubridade dos profissionais de saúde

O vereador Valdemar Jr. usou a Tribuna da Casa para cobrar o pagamento do adicional de insalubridade dos profissionais de saúde do município de Tauá acrescentando que a lei foi sancionada pelo prefeito desde o dia 19 de junho, mas até agora ninguém recebeu a gratificação.

Valdemar Jr. anunciou que dará entrada com um Projeto de Lei permitindo a cessão de prédios públicos que estão desativados no interior do município, para associações e entidades interessadas. Ele disse que sua proposta tem vários critérios para a cessão dessas unidades, a maior escolas que estão fechadas.

Estradas

O vereador Luis Tomás criticou lentidão no trabalho de recuperação de estradas e apresentou Requerimento solicitando cópias dos processos de licitação, contratação e pagamento da empresa responsável pelo serviço. Ele disse ainda que existem máquinas contratadas que ainda não saíram da garagem para trabalhar porque não tem condições de funcionamento.

Dr. Edi, Vony, Antonio Coutinho e Valdemar Jr também reclamaaram da lentidão e a qualidade ruim do serviço de recuperação de estradas.

Já o vereador Chico Neto rebateu dizendo que o trabalho está bem encaminhado e que 60% das estradas já estão feitas.

Emprego em troca de voto

O vereador Dr. Edir Lincon denunciou a prática de crime eleitoral no município de Tauá e citou que no distrito de Marruás, teve conhecimento que voto está sendo trocado por emprego. Segundo ele, servidores que passaram na seleção estão sendo substituídos por indicações políticas já com a garantia de que receberão os salários de agosto.

O vereador Luis Tomás aparteou o discurso do colega dizendo que no distrito de Marrecas está havendo prática semelhante e disse que no PSF da Vila foram chamadas duas pessoas aprovadas na seleção, mas atualmente tem em torno de 15 servidores trabalhando. Ele também denunciou a prática de aliciamento eleitoral dizendo que na próxima sessão fará um pronunciamento sobre o caso, afirmando inclusive que se necessitar, existem pessoas no distrito dispostas a contarem como ocorreu essa prática.

Publicação de leis no DOE

O Presidente da Câmara, vereador Felipe Viana anunciou a publicação de várias leis promulgadas pelo Poder Legislativo após a derrubada dos vetos do prefeito Fred Rêgo, no Diário Oficial do Estado, já que o Diário Oficial do Município não as publicou.

Segundo o vereador Alaor Mota, as leis aprovadas pela Câmara beneficiam vários setores do comércio e de serviços, além de contribuintes do município, dentre eles, os permissionários do Centro de Negócios, mas o prefeito vetou os projetos. Os vereadores derrubaram os vetos e como o prefeito não questionou as leis na Justiça, todas estão valendo e devem ser respeitadas e cumpridas, defendeu o vereador.

Clique Aqui e veja a pauta da sessão

Assista a sessão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   


     Wilrismar Holanda  

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib