Kite Soul Pousada, no Cumbuco, abriu para o público geral neste mês de agosto (Foto: Divulgação)
Kite Soul Pousada, no Cumbuco, abriu para o público geral neste mês de agosto (Foto: Divulgação)



 

A pandemia não atrapalhou os planos de abrir a Kite Soul Pousada no Cumbuco, a menos de uma hora de Fortaleza, no Ceará. O investidor e proprietário do negócio, o espanhol Isaac Blanco, abriu apenas para convidados em 15 de julho e para o público em geral a partir de 1º de agosto de 2020. E a expectativa é positiva para o crescimento do empreendimento, principalmente no próximo ano.

Isso porque a pousada já está em expansão. Hoje com seis quartos de 30 m², tamanho feito para acomodação do hóspede, malas e material de kite surfe, o local está em obras em terreno ao lado. Serão mais 12 unidades, sendo seis com acesso direto para a piscina e a outra metade com jacuzzi. A expectativa é que as obras finalizem em julho de 2021, com abertura da nova parte na temporada dos ventos, em outubro.

O investimento inicial para abrir a Kite Soul foi de R$ 900 mil, totalizando R$ 1,5 milhão com a construção. Isaac diz que por enquanto o turismo nacional é quem vai manter os negócios, mas, no pós-pandemia, com o real desvalorizado, o público europeu e dos Estados Unidos deve crescer em relação à demanda por hospedagem no seu negócio.

O investidor avalia que ainda falta mais divulgação do destino Cumbuco por parte do Poder Público. "Procurei pontos de ventos em todo o mundo e o Cumbuco era o mais atrativo e está a 100 km de um aeroporto. Então tem uma localização boa, as ondas, os ventos, a água daqui é sempre morna, você não precisa usar neoprene para praticar esporte. É um dos melhores lugares do mundo e tem que ser melhor divulgado", frisa.

Ele acrescenta que o Brasil em geral ainda se vende muito mal lá fora. A imagem do País ainda está ligada à violência, Zika, e agora à pandemia. "E não é bem assim. Aqui é muito bom e as pessoas não valorizam como deveria".

A italiana Gabriella Fabozzi, gerente da Kite Soul Pousada, reitera que o atrativo natural de Cumbuco e do Ceará já é uma grande vantagem para o Estado. "Parece que as pessoas não veem como nós vemos. O turista gosta muito de praia".

Em relação à movimentação no empreendimento durante a pandemia, Isaac explica que ainda não está como esperado, mas frisa que o negócio já gera retorno para a economia com a geração de emprego e renda, além de parcerias com fornecedores locais. Hoje são quatro funcionários na pousada e nove na obra. Após a pandemia, com o reaquecimento da economia, ele espera contratar pelo menos mais 10 pessoas. "Os móveis que tenho aqui são de artesãos do Cumbuco. Então quando você monta um negócio de hotelaria, você impacta o seu entorno. Temos parceria com escolas de kite e cooperativa de bugueiros".

Conheça

- A Kite Soul Pousada se vende como um serviço de cinco estrelas por um preço de três estrelas

- São seis quartos de 30 m² para acomodar hóspedes, malas e o equipamento do público-alvo, o kite

- A diária em baixa temporada fica em R$ 400 e R$ 500 na alta temporada

- O preço dá direito a café da manhã, com pães e bolos artesanais, além de preparo pelo chef argentino Marcial. O frigobar também está incluso

- Todos os quartos possuem Wi-Fi, ar-condicionado, chuveiro elétrico e televisão

- A pousada conta com piscina e cadeiras de sol

Serviço

Kite Soul Pousada
Instagram: @Kitesoul_pousada
Endereço: Rua-D, 174 (rua da Praia) - Cumbuco-CE
Telefone: (85) 981 818.090 

o Povo 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib