Com mais  de 84% das obras de recuperação e recomposição da barragem de Jati (CE) já foram executadas. Realizados em regime de 24h, os trabalhos no empreendimento – que faz parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco – contam com cerca de 80 profissionais, além de equipamentos, como 45 caminhões, cinco tratores e sete escavadeiras. A expectativa é de que a ação seja concluída até domingo. O incidente que provocou um vazamento na barragem não causou danos à estrutura do reservatório.




“O Ministério do Desenvolvimento Regional e as empresas contratadas tomaram, desde o início, todas as providências para garantir a segurança e preservar as vidas das pessoas que vivem no entorno da barragem.  Demos toda a assistência e determinamos que fosse feito, de imediato, um trabalho de recomposição da estrutura”, explicou o ministro Rogério Marinho. Estima-se que cerca de 28 mil m3 de brita grudada e de rocha serão utilizadas para recompor o talude de jusante da barragem.

Nesta semana, Defesa Civil Nacional, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Ceará (CREA-CE) e a Agência Nacional de Água (ANA) visitaram o local do incidente. Além disso, foi contratada consultoria independente para apurar as causas do rompimento da tubulação na barragem. Os peritos estarão em campo a partir da próxima terça-feira (1º).

Preservação das vidas

No dia do vazamento, ocorrido na última sexta-feira (21) após o rompimento de uma tubulação que permite a passagem das águas no Reservatório de Jati para o trecho do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco em direção à Paraíba e ao Rio Grande do Norte, cerca de 2 mil pessoas foram evacuadas preventivamente. Destas, quase 1,3 mil puderam voltar imediatamente, já que suas residências não estavam em área de risco.

Na terça-feira (25), os demais moradores evacuados – 710 que estavam hospedados em casas de familiares e 22 em hotéis – foram autorizados a retornar. O MDR e a prefeitura municipal colocaram à disposição das famílias transporte para o deslocamento.

O Ministério também autorizou o repasse de R$ 100,6 mil para assistência a famílias que foram evacuadas. O reconhecimento federal de situação de emergência em Jati foi publicado no Diário Oficial da União. A medida foi realizada por procedimento sumário – quando a ocorrência, pública e notória, é considerada de grande intensidade. Nestes casos, para agilizar o atendimento à população, a Defesa Civil Nacional antecipa os trâmites e publica a decisão antes mesmo que as solicitações do município ou do estado sejam oficializadas.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib