Quem estiver no Ceará entre os dias 11 e 13 de agosto terá a chance de observar a chuva de meteoros Perseidas, um dos maiores fenômenos astronômicos registrados no ano, que permite observar até 100 pontos luminosos por hora. Pela proximidade com a linha do Equador, o estado terá visão privilegiada da chuva em relação a outras regiões do país. Os fragmentos de cometa começam a ficar visíveis a partir de 1h da madrugada desta terça-feira (11).

A Perseidas é um fenômeno comum e acontece todos os anos, a partir de julho, com o pico de intensidade atingido no meio do mês de agosto. A vantagem da visibilidade no Ceará está na ‘origem’ da chuva de meteoros no céu, explica o professor de matemática e especialista em ensino de Astronomia, tenente Romário Fernandes, do Corpo de Bombeiros.

“O nome Perseidas vem da constelação Perseus, ponto de onde parece irradiar essa chuva. Ela é melhor observada no hemisfério norte. Quanto mais próximo da linha do Equador, melhor. Em relação ao restante do país, o Ceará está em posição privilegiada”, avalia.

Visíveis a olho nu

É possível acompanhar toda a passagem sem a necessidade de equipamentos profissionais. Porém é preciso saber para onde direcionar a atenção. “A dica é olhar entre o norte e o leste livre, não muito acima do horizonte, a partir da meia-noite. Não dá para saber onde os pontos luminosos vão aparecer, então, o ideal é escolher locais livres, distante de árvores e prédios”, indica Romário. 

 (Do G1-CE)

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib