Entre as importantes missões desempenhadas pela Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) estão os transportes de órgãos e de tecidos humanos para transplante. A iniciativa, que tem salvado milhares de vida no Ceará e até em outros estados, ocorre em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Uma dessas ações foi registrada na sexta-feira (14), quando a aeronave Fênix 08 transportou uma equipe de médicos e enfermeiros que realizou a captação de um fígado em um hospital na cidade de Quixeramobim com destino a Fortaleza.

                                      

A missão levou em torno de cinco horas ao todo. Foram três horas para a captação, no Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, e mais duas horas de ida e volta no transporte. A doação foi autorizada pela família de um homem de 38 anos, que faleceu após sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico. Ao chegar à Capital cearense, o órgão foi levado pela equipe médica até o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), no bairro Papicu, onde um paciente de 55 anos, com cirrose hepática, recebeu o fígado.

A aeronave foi conduzida pelo tenente coronel da Polícia Militar, Edinardo de Lima; e pelo delegado de Polícia Civil, José Fernandes Júnior. A equipe médica foi composta pelo cirurgião da equipe de transplante hepático do HGF, Cayo César de Góis; pelo cirurgião geral do HGF, Bráulio Filgueira; e pelos enfermeiros especialistas em transplantes, Patrícia Almeida e Tomaz Edison Henrique.

Para Cayo César, a agilidade proporcionada pelo trabalho em equipe é fundamental para o sucesso da missão. “O tempo entre a retirada do órgão e o implante no receptor é um importante fator para melhora dos resultados no transplante. Sabemos como essa doação é valiosa e necessária. Essa parceria com a Ciopaer torna viável a captação no interior do Estado, trazendo agilidade no transporte dos órgãos e da equipe”, disse.

Para o relações-públicas da Coordenadoria da SSPDS, capitão PMCE Elton Oliveira, é um orgulho para todos os profissionais de segurança envolvidos participarem de uma ação que tem como foco transportar e salvar vidas. “O trabalho em conjunto das equipes da Ciopaer e Sesa reflete na esperança de vida nova ou a chance de um recomeço para quem precisa de doação. Por isso, temos orgulho em fazer parte desse contexto de ajudar a salvar vidas”, finaliza. 


( Monólitos Post) 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib