Bolsonaro diz que vai pagar auxílio emergencial por mais 3 meses


Valores não estão definidos, mas devem ser anunciados nos próximos dias - Expectativa é de que serão pagos mais R$ 1.200 diluídos nas 3 parcelas

Presidente fez uma live ao lado do ministro Paulo Guedes
Presidente fez uma live ao lado do ministro Paulo Guedes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que o benefício do auxílio emergencial deve ser estendido por mais três meses e que os valores ainda não foram definidos.
"Os números não estão definidos ainda, mas a gente vai prorrogar por mais três meses", afirmou Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais, ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.
A expectativa é de que devem ser pagos mais R$ 1.200, de forma gradual, em parcelas que podem ser de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, mas que estes valores ainda serão confirmados e anunciados em breve.
Já o ministro Paulo Guedes confirmou que a terceira parcela do auxílio emergencial deve começar a ser pago já neste sábado (27).
O presidente também afirmou ainda que espera que a economia volte a funcionar no país e apelou para que governadores e prefeitos abram suas cidades e retomem a normalidade para acelerar este processo.
Postagem Anterior Próxima Postagem