Advertisement

Sobral e mais seis cidades medidas mais duras para combater a pandemia



 
O governador do Ceará, Camilo Santana, confirmou no sábado, com um decreto, a prorrogação das medidas de isolamento social no Estado por mais sete dias e apresentou as diretrizes para a fase de transição do plano de retomada da economia local. Mas com a propagação do coronavírus no interior, o chefe do Executivo estadual anunciou, também, que mais 7 cidades deverão implementar medidas mais rígidas de isolamento, assim como Fortaleza.
 
A partir de segunda-feira (1º), Caucaia, Maracanaú, Sobral, Acaraú, Itapipoca, Itarema e Camocim terão de seguir medidas sanitárias mais duras. Os sete municípios já registram mais de 7,4 mil casos confirmados de covid-19 e 340 óbitos causados pela doença, segundo a Secretaria da Saúde.
 
Outras 55 cidades tiveram, no decreto publicado na noite de sábado (30), a recomendação de adotar mais rigor no combate à pandemia do novo coronavírus.