As inscrições para a indicação de nomes para concorrer ao Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa, edição 2020, estão encerradas. A premiação é anual e alternadamente homenageia uma pessoa física e/ou jurídica. Em 2020 será uma pessoa jurídica. Organizações como Associação Caatinga, The NatureConservancy e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC), já foram agraciadas com a Medalha Joaquim Feitosa.

O prêmio foi instituído (Decreto 27.781, de 26 de abril de 2005) pelo Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga (CERBC) que é presidido pela Secretaria do Meio Ambiente (SEMA). Destina-se a homenagear pessoas físicas e jurídicas, públicas ou privadas, que no desempenho de suas funções tenham contribuído, de forma relevante, para o desenvolvimento sustentável do bioma.

Na escolha do agraciado, o CERBC, em reunião ordinária, analisa o histórico dos indicados de acordo com os seguintes critérios: prestação de relevantes serviços voltados à melhoria da qualidade da Caatinga; criação e implantação de projetos visando a recuperação e a conservação do bioma; e /ou publicação de trabalhos científicos e literários na defesa e promoção do mesmo.

Semana da Caatinga 2020

A Solenidade de entrega da Medalha Joaquim Feitosa, anteriormente prevista para o dia 28 de abril, Dia Nacional da Caatinga, acontecerá tão logo se encerre a quarentena.

Com o tema “Encantos, Recantos e Cantos da Caatinga”, a Semana – prevista para acontecer no período de 22 a 28 de abril -, também será adiada. A SEMA entende que, mesmo impossibilitados de cumprir o calendário, é uma importante ocasião para sensibilizar a sociedade sobre a urgência da conservação da biodiversidade para o desenvolvimento sustentável do bioma.

Este ano, as comemorações deverão ser ampliadas aos municípios sedes do Plano Piloto Agropecuário Municipal de Preparação de Resposta às Secas (Piquet Carneiro, Quixeramobim, Irauçuba, Tauá, Sobral, Campos Sales, Salitre) e ao município de Pentecoste.
Postagem Anterior Próxima Postagem