Enquanto cresce a pressão dos setores produtivos para a reabertura gradual das atividades, as projeções do Ministério da Saúde apontam que o pico do coronavírus acontecerá entre duas e 9 semanas. Com cenário, os governantes deverão manter o isolamento social ou autorizar a abertura de alguns serviços e setores econômicos

Há uma preocupação muito grande que, com mais meses de atividades suspensas no comercial, indústria e serviços, as demissões irão explodir.

Uma pesquisa divulgada nessa segunda aponta que um terço da população baixa renda está desempregada.


Além disso, outra preocupação que tem a mesma dimensão é quanto ao temor de colapso no sistema de saúde com o fim do isolamento social e a transmissão em maior escala da Covid-19.
Postagem Anterior Próxima Postagem