Camilo já havia se posicionado dizendo que continuaria os trabalhos para conter o avanço do coronavírus no Estado
Camilo já havia se posicionado dizendo que continuaria os trabalhos para conter o avanço do coronavírus no Estado (Foto: REPRODUÇÃO)
O governador Camilo Santana voltou a afirmar nesta quinta-feira, 26, que sua prioridade nas medidas de combate ao coronavírus será "salvar vidas" e acrescentou que não agirá sob pressão de algum setor. Por meio de publicação em suas redes sociais, o mandatário afirmou, ainda, que "é necessário que empregos sejam mantidos, mas é fundamental, primeiro, que vidas sejam preservadas".

Após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro nesta semana, Camilo já havia se posicionado dizendo que continuaria os trabalhos para conter o avanço do coronavírus no Estado. O presidente criticou as medidas de isolamento e quarentena antecipadas pelos governos estaduais e acusou a mídia de provocar "histeria".

Em publicação desta quinta-feira, 26, Camilo esclareceu que a economia será considerada nas decisões que tem sido tomadas neste momento e reiterou que o governo federal e grandes empresas devem estar juntos aos estados na busca de melhores soluções. "Mas não agirei mediante pressão de setor A ou B. É necessário que empregos sejam mantidos. E lutaremos por isso. Mas é fundamental, primeiro, que vidas sejam preservadas", finalizou.


o Povo 
Postagem Anterior Próxima Postagem