Várzea Alegre registrou mais uma chuva nesta madrugada de segunda-feira, 24. Na cidade, choveu 25mm. Na comunidade de Riacho Verde, segundo informações da Funceme, a chuva foi de 45mm. Ainda, de acordo com a Funceme, o mês de fevereiro acumula 206,8mm. São observados para o período como normal pluviometria de 187,2mm.

 

João Frutuoso, morador da comunidade de Guaribas, no Riacho Verde, animado com as chuvas, mostrou em posts nas suas redes sociais, a cheia do Riacho do Machado e também da barragem da Cachoeira Dantas, que sangra e as águas correm para abastecer o açude Deputado Luiz Otacílio Correia (Olho D’Água).

O período da quadra chuvosa em Várzea Alegre é considerado bom. No mês de janeiro, de acordo com a Funceme, choveu 279.0, quando a pluviometria considerada normal e aguardada pelo órgão era de 155.7mm.

O açude Olho D’Água tem capacidade para acumular 19 milhões de metros cúbicos de água. Hoje o volume do reservatório é de 3,76 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 19.53 % de sua capacidade total, com dados de 22 de fevereiro.

Em dezembro de 2019, o açude estava com volume de 3,60 milhões de metros cúbicos, correspondendo a 18,06% de sua capacidade.

Informações sobre o açude

Açude Deputado Luiz Otacílio Correia (Olho D’Água), localizado na comunidade de São Vicente, Sede Rural de Várzea Alegre. Os acessos ao reservatório se dão a partir da BR 230 pelas localidades de Sanharol até a comunidade de São Vicente, onde fica a parede do açude, distante 9 km da sede do município e pela comunidade de Cachoeira Dantas ao sítio Peri Peri, distante da sede do município 13 km. O açude foi construído pelo 3º BEC – Batalhão de Engenharia e Construção de Picos – PI. As obras foram iniciadas no dia 23 de outubro de 1993, autorizadas pelo então Governador do Estado do Ceará, Ciro Ferreira Gomes, no governo do prefeito Dr. Pedro Sátiro.

 O açude foi inaugurado no dia 30 de junho de 1998, pelo Governador de Tasso Jereissati, início do governo do prefeito João Eufrásio Nogueira. O reservatório ficou conhecido com a “obra do século”, devido à sua importância para o abastecimento de água da população varzealegrense. Entre as pessoas que se destacaram em defesa da construção do açude estão o ex-prefeito Dr. Pedro Sátiro, o ex-deputado federal Sérgio Machado e o ex-deputado estadual, Luiz Otacílio Correia.

No ano de 2003, com a Lei Estadual nº 13.471, o reservatório recebeu o nome de Açude Deputado Estadual Luiz Otacílio Correia. Com capacidade inicial para armazenar 21 milhões metros cúbicos de água, o açude sangrou pela primeira vez na quadra chuvosa de 2004. A construção do açude teve investimento de R$ 7 milhões, sendo que com a Estação de Captação e Adutora foram investidos R$ 2 milhões e na estação e rede de distribuição, foram investidos R$ 1,5 milhão. Edição – Radialista e Escritor Marcos Filho e Técnico Francisco Evanildo, em 20 de setembro de 2019.

Imagens: J. Frutuoso

várzea alegre agora 
Postagem Anterior Próxima Postagem