O advogado geral da União (AGU), André Mendonça, pediu hoje (24) o fim da greve dos policiais militares do Ceará, pois a população é a mais punida.

André Mendonça participa da comitiva de ministros do governo Bolsonaro que se reuniu durante uma hora e meia com governador Camilo neste domingo.

“A nossa expectativa é de uma solução seja uma realidade o mais rápido possível. Conclamar também aquelas pessoas que estão envolvidas que adotem uma postura de retração desse movimento, é importante. A população do Ceará é quem sofre e ela precisa confiar nas suas instituições, dentre elas a polícia.

Então, da importância, do exemplo de todos os integrantes desse movimento de um comportamento agora de regresso às atividades normais no menor tempo possível”, disse.


CN7 
Postagem Anterior Próxima Postagem