Últimas Notícias

Promotores detalham mecanismo criado pelo ex-governador Ricardo Coutinho

TATYANA
Na denúncia da Operação Calvário, os promotores do Ministério Público da Paraíba destacam como funcionava o esquema criminoso liderado pelo ex-governador Ricardo Coutinho que envolveu mais de R$ 1 bilhão do Governo da Paraíba.


Segundo o documento, organizações sociais eram privilegiadas em licitações da saúde, “notadamente por meio de direcionamento e hiperdimensionamento” de contratos de prestação de serviço e fornecimento de materiais hospitalares. As OSs, em contrapartida, devolviam percentual sobre os valores recebidos.

Após a organização criminosa se instalar na saúde do estado, esquema semelhante foi implantado na gestão da educação do governo local.
 
“É inexorável perceber, assim, que a empresa criminosa chefiada por Ricardo Coutinho, de fato, possuía um modelo de negócio alicerçado num plano corrupto de governança, onde eram mapeadas todas as possibilidades de se auferir a maior vantagem financeira para o deleito de seus integrantes.”
 
 
Fonte : diário Sertão da Paraíba