Poste até tem, mas nem sempre funciona, mas o que não falha é a cobrança mensal da taxa de iluminação pública. Esta é a triste realidade da comunidade do gesso, aqui em Crato. Mesmo improvisando com luzes na porta de casa a escuridão predomina.

Andar no período noturno pela Rua Horácio Jácome tem sido um desafio para a própria segurança, já que é praticamente impossível enxergar o que tem pelo caminho. Nesta semana, um abaixo assinado será encaminhado ao poder público cobrando a solução do problema.

Em contato com a prefeitura do Crato fomos informados que uma equipe seria enviada para avaliar a situação da comunidade do Gesso, mas segundo o relato dos moradores, nenhum profissional apareceu naquela localidade que permanece esquecida pelo prefeito Zé Ailton Brasil.

   Por  Henrique Macêdo

 Nenhuma descrição de foto disponível.


 Nenhuma descrição de foto disponível.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib