Últimas Notícias

Jovem de 18 anos é morta a tiros na madrugada desta terça-feira (14), em Lavras da Mangabeira


Vítima consta como testemunha de um assalto a mão armada, bem também de uma lesão corporal dolosa, segundo pesquisa junto ao site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará.

 O local onde se deu o homicídio trata-se de uma área de risco, utilizada frequentemente para o consumo de entorpecentes, assim como para transações de compras e vendas desses ilícitos, e os possíveis traficantes já sob investigação da polícia judiciaria.



Uma jovem, de 18 anos foi morta a tiros na madrugada desta terça-feira (14) em Lavras da Mangabeira, na região do cariri cearense. O crime aconteceu por volta de 01h30min no Parque do Povo, zona urbana do município.

A Polícia Militar informou que foi até o local depois de denúncias de uma amiga da vítima de 23 anos, que a jovem Nayara Kelly do Nascimento Lima, sem profissão definida, que morava na Rua José Quintino, 546, Bairro Prado na cidade de Cedro (CE), mas que ultimamente estava residindo na casa de seu avô conhecido por “Chico Correia” teria sido morta atingida por três disparos de arma de fogo.

A denunciante acrescentou que a mesma juntamente com a vítima ingeriam bebidas alcoólicas em frente ao trailer que funciona como um bar, momento em que um homem que trafegava como garupeiro de uma moto de características não anotadas efetuou vários tiros atingindo Nayara Kelly que morreu no local. Ainda segundo a testemunha, após o ato criminoso o atirador se evadiu na companhia do comparsa no mesmo veiculo em que chegaram fugindo em alta velocidade tomando destino ignorado.

De acordo com a Polícia de Lavras, o local onde se deu o homicídio trata-se de uma área de risco, utilizada frequentemente para o consumo de entorpecentes, assim como para transações de compra e venda desses ilícitos, e os possíveis traficantes já sob investigação da polícia judiciaria.

Quanto a possível autoria da morte de Nayara Kelly, a polícia diz ter tomado conhecimento de que o namorado da vítima, Wesley Davidson Pereira, de 19 anos, conhecido por “Buiu”, sem profissão definida, residente na Rua Joaquim Nogueira, 47, Bairro Cruzeiro, o qual não possui registro policial contra ele, horas antes do assassinato de garota havia a agredido e tomado a força o aparelho celular da mesma. O rapaz foi procurado na residência dele, mas a mãe do mesmo informou que o filho saiu cedo e não retornou para casa.

Ainda de acordo com o boletim policial, o destacamento militar de Lavras foi informado anonimamente que Nayara Kelly era jurada de morte por conta de dívidas de drogas a um homem conhecido por “Robertão de Dona Clarina”, residente numa área de risco conhecida por 4 Bocas, periferia de Lavras da Mangabeira, este que foi procurado pela PM, mas ainda não foi possível a localização exata de seu endereço. A polícia Civil do município deverá abrir inquérito no dia hoje, para apurar o crime.

O corpo de Nayara Kelly foi recolhido pela equipe da viatura do rabecão da pericia forense do cariri, para ser submetido a exame cadavérico na sede do órgão em Juazeiro do Norte. Segundo pesquisa junto ao site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, a jovem assassinada consta como testemunha de um assalto a mão armada e de uma lesão corporal.

Lesão à bala  

JUAZEIRO. Ontem (13) por volta das 10h06min um rapaz identificado como, Isaías Alves da Costa, 25 anos, foi lesionado com disparos de arma de fogo nas costas. O crime aconteceu no cruzamento da rua Primeiro de maio com a rua Dom Bosco no bairro Franciscanos

Segundo populares, os autores do ato criminoso foram dois indivíduos, um de calça e camisa vermelha, que trafegavam em uma motocicleta modelo BIZ de cor azul. O SAMU foi acionado sobre a ocorrência, porém a atendente informou que não dispunham de ambulância disponível naquele momento para atender a ocorrência, diante disso a polícia militar fez a condução do lesionado até a UPA para atendimento médico.


DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais