Em último dia de mutirão, Procon anuncia estrutura três vezes maior para renegociação de dívidas em 2020



Mil pessoas devem ser atendidas no último dia de mutirão nesta sexta-feira, 11
Mil pessoas devem ser atendidas no último dia de mutirão nesta sexta-feira, 11 (Foto: Germana Pinheiro/Rádio O POVO CBN)
Já são mais de 6 mil negociações atendidas no Mutirão de Renegociação de Dívidas promovido pelo Procon em Fortaleza nesta semana. No último dia, nesta sexta-feira, 11, a fila de pessoas que buscam resolver débitos com empresas contorna o Ginásio Paulo Sarasate duas vezes.

 Serão mil pessoas atendidas por 50 guichês simultâneos. Devido à demanda percebida pelo órgão, o Procon anunciou estrutura três vezes maior para o atendimento da população endividada em 2020. O tempo de atendimento também passa de uma semana para três consecutivas.

Serão 150 guichês para suprir a necessidade de pessoas que, neste ano, não resolveram as pendências. Todos os dias, milhares de pessoas procuraram o mutirão e muitas não conseguiram uma das senhas disponíveis no local. Com medo disso acontecer, o mecânico Raimundo Nonato afirmou à rádio O POVO CBN que chegou no Ginásio às 17h do dia anterior para garantir a negociação de uma dívida de R$ 2.530 nesta sexta-feira.
Em 2020, o mutirão deve acontecer antes das eleições, ainda em setembro. Nesta sexta, o atendimento deve parar às 17h. Em todos os outros dias, os guichês passaram da hora estipulada para atender à grande demanda. No entanto, a estrutura montada pelo órgão no Ginásio deve ser desmontada ainda nesta tarde, pois o espaço será utilizado pela Prefeitura no fim de semana.

*Com informações da repórter Germana Pinheiro/Rádio O POVO CBN