Polícia fecha rinha de galo e apreende 47 galos e diversos apetrechos em Brejo Santo

Polícia fecha rinha de galo e apreende 47 galos e diversos apetrechos em Brejo Santo Foto Polícias Militar do Ceará_Divulgação (3)
Durante a ação policial, treze pessoas foram conduzidas a 21ª DRPC do municipio.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Fotos: Polícia Militar do Ceará/Divulgação 



Uma rinha de galo foi encontrada e fechada em Brejo Santo na região do cariri cearense, na manhã domingo (11), informou a Polícia Militar. Os PMs acharam 47 (quarenta e sete) galos; 10 (dez) bicos de aço; Diversos esporões de plásticos, e diversos apetrechos.



Treze suspeitos de participação foram conduzidos a delegacia regional de policia civil do municipio e atuados em crimes ambientais. O técnico em informática Cicero Kaio Leite Arruda, 28 anos, residente na Rua Cândido Alfredo da Cruz, 106, bairro Capilé; O comerciário Francisco Wygho Moura Cabral, 29 anos, residente à Rua Manoel Antônio Cabral, 978, bairro Araujão.

 Este que apos consulta realizada junto ao Sistema de Informações Policiais constatou-se que ele responde por violência doméstica e por receptação; o comerciante Weberton Lucena Andrade, 26 anos residente à Rua José Inácio Silva, 152, bairro Capilé; os motoristas, Marcos Antônio Lucena Alves, 30 anos e Francisco Diego Ferreira de Jesus, 32 anos, ambos residentes no Sítio Lagoa do Mato I; o magarefe Cicero Verônimo de Oliveira Germano, vulgo “Pampo”, 45 anos, residente à Rua João Domingo de Silva, 524, bairro Araujão; os agricultores Isac Salviano Ramos, 23 anos, Rafael Celião Araújo, 33 anos residentes no Sítio Lagoa do mata e Tulio José Martins Cardoso, 22 anos, residente no Sítio Vieira; o professor, Thiago Salviano Nascimento, 30 anos, residente no Sítio Lagoa do mata zona; o funcionário público Francisco Inácio de Lucena Neto, 28 anos residente no Sítio Barreiro Preto; o jardineiro Cicero Ferreira dos Santos, 32 anos residente no Sítio Cabaceiras e o caçambeiro, Pedro Bezerra Alexandre, 34 anos, residente à Rua Padre Cicero, bairro Morro Dourado, todos em Brejo Santo/CE.

A ação policial ocorreu por volta das 11h00deste após uma denúncia realizada a CIOPS Brejo Santo via telefone de emergência, a qual informava que na localidade denominada de Sítio Barreiro Preto, zona rural do municipio existia um bom número de pessoas e que naquele local estava ocorrendo maus tratos a animais “Rinha de Galo”.
Diante dos fatos, duas composições da policia militar foram deslocadas ao local indicado na denúncia a fim de averiguarem. Ao chegam ao Sítio Barreiro Preto constataram a veracidade das informações bem como apreenderam as aves e diversos apetrechos. Os acusados foram apresentados à autoridade policial civil na 21ª DRPC de Brejo Santo onde foi lavrado o competente que instaurou o T.C.O. 138/2019 com base no Art. 32, crimes ambientais (Lei 9608).