Camilo Santana defende inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência


Evento, iniciado às 14h, tem o objetivo de estabelecer uma maior cooperação política, econômica e social para alavancar o crescimento da região Nordeste.
Evento, iniciado às 14h, tem o objetivo de estabelecer uma maior cooperação política, econômica e social para alavancar o crescimento da região Nordeste.(Foto: Ionio Silva / CBN Teresina)
O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), defendeu, nesta quarta-feira, 21, a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência, durante encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, que está sendo realizado em Teresina.

Para o governador cearense, alguns pontos da reforma, como foram apresentados inicialmente, nem seriam discutidos pelos governadores da região. Como exemplo ele citou a Aposentadoria Rural, a Capitalização e o BPC.
Camilo considera que é importante o debate sobre uma reforma previdenciária no Brasil, até para garantir sua sustentabilidade no futuro, desde que garanta que trabalhadores possam receber seus aposentos. Concorda que há um déficit previdenciário que prejudica investimentos na área da saúde e da segurança.

O governador foi enfático na defesa de uma reforma que não prejudique os mais pobre. E, segundo ele, que mexa com privilégios, com os mais ricos, que seja mais justa com a população brasileira. “Nós estamos, hoje, discutindo no Senado, se inclui ou não estados e municípios.

 Eu acho que estados e municípios devem ser incluídos na reforma da previdência”, concluiu.


Com informações do repórteres Ionio Silva e Juliana Andrade da Rádio CBN Teresina

o povo