Evento discute hoje desafios de financiamento do Novo NDB na Região Nordeste

Evento acontece hoje no Ceará | Foto: Reprodução
O Palácio da Abolição sedia, nesta terça-feira (30), às 10h30min, o Seminário “O Brasil e a Estratégia do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) – Desafios na Região Nordeste”. O evento, realizado pelo NBD, em parceria com o Governo do Ceará, comemora o aniversário de 5 anos da Assinatura do Acordo Constitutivo do NDB, ocorrida em Fortaleza, durante a VI Cúpula dos BRICS em 2014.
A intenção do evento é promover o financiamento de investimentos em infraestrutura e projetos de desenvolvimento sustentável no Brasil, em particular na região Nordeste. A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela; o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o vice-presidente do NDB, J.B Sarquis; e o secretário de Assuntos Econômicos Internacionais do Ministério da Economia, Erivaldo Alfredo Gomes, devem participar do lançamento.
De acordo com o secretário Cesar Ribeiro, da Assessoria de Assuntos Internacionais do Governo do Ceará, no seminário serão apresentados a estratégia do NBD, os resultados alcançados em seus primeiros anos de operação e as modalidades e perspectivas de operação do Banco em infraestrutura no Brasil. Para o secretário, o evento, sendo realizado no Ceará, reforça o Estado como protagonista da abertura de mercados internacionais.
O evento vai contar com a participação de representantes do governo federal, estaduais e municipais do Nordeste, sendo oportunidade para que os participantes apresentem sugestões sobre como o banco poderá fortalecer sua atuação no Brasil nos setores de infraestrutura e desenvolvimento sustentável, especialmente no Nordeste, nos próximos anos.

Sobre o NDB, o Banco dos BRICS

O acordo que criou o NDB, o banco dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) – nome do bloco econômico de países considerados “emergentes”, foi assinado na Cúpula de Fortaleza, em 15 de julho de 2014, e entrou em vigor no dia 3 de julho de 2015. A sede do banco é em Xangai, na China.
O NDB visa a prestar apoio financeiro a projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável, públicos ou privados, nos países do BRICS e em outras economias emergentes e países em desenvolvimento. O capital subscrito inicial do banco é de US$ 50 bilhões, havendo autorização para chegar a US$ 100 bilhões.

SERVIÇO:

Seminário “O Brasil e a Estratégia do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) – Desafios na Região Nordeste”
Data:30/07/2019 (terça-feira)
Horário:10h30min
Local: Palácio da Abolição | Rua Silva Paulet, 400

 Informações do Governo do Estado