Presidente da câmara dos Deputados Arthur Lira Em reunião com Camilo e outros governadores, sugere direcionar todas as emendas parlamentares ao combate à pandemia

 

Durante reunião com governadores, Lira sugere direcionar emendas parlamentares ao combate à pandemia  (Foto: Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados )
Durante reunião com governadores, Lira sugere direcionar emendas parlamentares ao combate à pandemia (Foto: Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados )

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), se reuniu na tarde desta terça-feira, 2, com governadores para discutir o orçamento voltado para as medidas de combate à pandemia da Covid-19. Ele pediu aos chefes de Executivos estaduais que convençam as bancadas de seus Estados a destinar a totalidade das emendas parlamentares para o combate à pandemia do coronavírus.

A sugestão foi dada durante reunião-almoço híbrida, na residência oficial da Casa, com representantes das unidades da federação participando de forma presencial e virtualmente. Na ocasião, o parlamentar adiantou que a Casa deve pautar como prioridade todas as matérias que possam ajudar na superação da pandemia, e anunciou a criação de um fundo emergencial de combate ao grave problema de saúde pública.


"Uma espécie de mega rubrica orçamentária onde estarão destacadas todas as receitas que dizem respeito à pandemia, com o somatório de todos recursos", explicou o presidente. Segundo Lira, os gastos devem respeitar o teto de gastos. “É o somatório de todas as despesas orçamentárias diluídas, que ficarão agora totalizadas numa contabilidade única, permitindo sabermos todas as despesas para o enfrentamento à Covid no Orçamento Geral da União”, concluiu. 


Segundo o governador Camilo Santana (PT), quatro temas foram prioridade na reunião: aquisição de vacinas, recursos para a saúde, volta do auxílio emergencial e ainda a criação de medidas para a recuperação econômica do País. "Reitero que esse é um momento de todos estarem unidos em prol da população brasileira, e o Congresso Nacional tem um papel fundamental nesse sentido", afirmou o petista em suas redes sociais.

Na reunião, o presidente pediu que governadores convençam bancadas a destinar emendas para fundo de combate à pandemia e adiantou que no conjunto de rubricas já estão valores entre R$ 30 bilhões e R$ 50 bilhões, correspondentes às próximas parcelas do auxílio emergencial que o governo federal pretende pagar por mais quatro meses.

Somente após a aprovação da PEC emergencial haverá números mais exatos. Além disso, segundo Lira, há R$ 20 bilhões assegurados para vacinas. O parlamentar também defendeu a união para a imunização rápida de todos os brasileiros. O deputado lembrou do programa de imunização do governo federal, com aquisição de 140 milhões de vacinas até maio, e destacou que a Câmara trabalha para ampliar a oferta de imunizantes da forma mais rápida possível.

"Os problemas são muito grandes, mas nossa capacidade de superar, oferecer soluções é muito maior. Estamos aqui diante dos políticos mais experientes do País, eleitos pelo povo dos seus Estados e tenho certeza de que os senhores, com a responsabilidade que têm, sabem que o povo espera de todos nós o exemplo de liderar e não de nos enfrentarmos uns aos outros”, disse Lira.

Com Agência Câmara de Notícias

Postar um comentário

0 Comentários