Por razões opostas, Alto Santo e Missão Velha estão em situação de emergência - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

31/05/2021

Por razões opostas, Alto Santo e Missão Velha estão em situação de emergência

 O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), reconheceu, nesta segunda-feira, 31, a situação de emergência em 25 municípios de oito estados do País por conta de desastres naturais. Entre eles, por passar por estiagens, está a cidade de Alto Santo. Já por chuvas intensas, está a cidade de Missão Velha, ambas no Ceará. Com o reconhecimento federal, as regiões podem solicitar recursos para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

O município de Alto Santo é um das que se encontram nos limites geográficos do Açude Castanhão, atualmente o maior reservatório de água doce do Ceará e principal responsável pelo abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). No início de maio, as chuvas registradas no Ceará contribuíram para que o nível do açude  subisse 17 centímetros em 48 horas.

Junto com a cidade cearense, na Região Nordeste, também devido às secas, estão os municípios de Oliveira dos Brejinhos, Capim Grosso, Riachão do Jacuípe e Tucano, na Bahia, São Francisco de Assis do Piauí, no Piauí e Angicos, Apodi, Ipueira e Sítio Novo, no Rio Grande do Norte. Já na Região Norte, quatro cidades passaram por inundações: Atalaia do Norte, Barreirinha e Boa Vista do Ramos, no Amazonas, e Terra Santa, no Pará. Belterra, também no Pará, registrou chuvas intensas.

Em situação oposta aos demais, também recebeu reconhecimento de situação de emergência Missão Velha, devido às chuvas intensas. No Sul do País, todos os reconhecimentos foram por estiagem. Estão incluídos os municípios de Chopinzinho, Espigão Alto do Iguaçu, Lindoeste e Manfrinópolis, no Paraná, e Cunhataí, Ipira, Irati, Nova Itaberaba e São Bernardino, em Santa Catarina.



CAPACIDADE hídrica do Ceará está em 11,88%. Castanhão tem 5,2 % de volume (Foto: Mateus Dantas)
CAPACIDADE hídrica do Ceará está em 11,88%. Castanhão tem 5,2 % de volume (Foto: Mateus Dantas)


     O  Povo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages