Situação de alerta: governo anuncia medidas mais rígidas, critica comportamento da população jovem e afirma que “não há decreto que mude isso”

 









O cenário da pandemia de Covid-19 no Ceará é preocupante e o comportamento dos jovens chama atenção. O secretário de saúde, Dr. Cabeto, afirmou, nesta quarta-feira (03), que devido as aglomerações registradas, em sua maioria por pessoas de meia idade, os idosos e portadores de doenças crônicas estão mais vulneráveis a contrair o vírus.

Para tentar frear a disseminação da Covid-19 e diminuir o números de casos, regras mais rígidas são adotadas e os serviços não essenciais, como comércios e restaurantes, só vão poder funcionar até as 20h de segunda a sexta-feira e nos fins de semana até as 15h. A decisão, válida por 15 dias, acontece após aumento no número de casos de Covid-19 em Fortaleza, e passa a valer a partir desta quarta-feira (3).

Já as atividades essenciais vão continuar ocorrendo normalmente e os restaurantes também poderão continuar funcionando por meio de delivery. 

O governador Camilo Santana afirmou que o Governo está reforçando a fiscalização para evitar as aglomerações e anunciou a ampliação dos leitos para continuar salvando vidas. Camilo fez um apelo para que as pessoas colaborem para que não haja a necessidade de medidas mais rígidas nos municípios cearenses.

Além disso, nesta quarta-feira (03), o governador anunciou que vai realizar uma reunião com o setor de eventos para combater e diminuir os impactos sofridos devido a pandemia. 


       ( Ceará Agora) 

Postar um comentário

0 Comentários