Camilo se recusa a aceitar apenas R$ 80 milhões das emendas da bancada cearense


Moses Rodrigues, Camilo Santana e Eunício Oliveira (da esquerda para a direita)
O governador Camilo Santana (PT) se recusa a aceitar apenas R$ 80 milhões das emendas da bancada cearense em Brasília. Esses recursos foram articulados pelo senador Cid Gomes (PDT-CE).
O petista tenta reverter votos para ficar com R$ 125 milhões. Tem uma missão complicada pela frente, mas já está trabalhando.



Em Brasília, Camilo se reuniu com o ex-senador Eunício Oliveira (MDB) e deputado federal Moses Rodrigues (MDB-CE). Objetivo: convencer Moses a mudar de lado e dar verba solicitada pelo Governo do Ceará.


  CN7