Prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, acompanha entrega de cestas básicas para taxistas, carroceiros, catadores de recicláveis e outros empreendedores

 




O prefeito de Fortaleza, José Sarto, acompanhou, nesta terça-feira (06/04), a logística implantada pela Prefeitura para seguir ampliando políticas de assistência social durante a pandemia. Nesta manhã, a Prefeitura deu início à distribuição de cestas básicas para taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativos, motoristas de transporte escolar, carroceiros, catadores de recicláveis e guias de turismo, beneficiários do projeto Renda em Casa.

O benefício, que deve alcançar cerca de 15 mil pessoas, é assegurado mediante cadastro ativo na base de dados do Município até 1º de março de 2021. A distribuição dos alimentos será realizada, mediante agendamento, em seis escolas municipais de Fortaleza. Por meio de consulta ao site https://rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br, o beneficiário terá acesso aos dados cadastrais.

Em visita à Escola Municipal Hilberto Silva, Sarto anunciou os detalhes da ação, que, inicialmente, terá a duração de dois meses. “As equipes da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) vêm entrando em contato direto com os beneficiários por telefone ou via mensagens de WhatsApp. É fundamental que todos respeitem as medidas sanitárias, cumpram os seus horários para evitar aglomerações, compareçam portando documento oficial com foto, utilizando a máscara de proteção e mantendo o distanciamento”, orientou.

O prefeito destacou, ainda, o compromisso do Município diante da população mais vulnerável da Capital. “O objetivo inicial é manter o benefício por dois meses. No entanto, caso seja necessário, poderá ser estendido. A Prefeitura irá seguir dedicando o seu orçamento, prioritariamente, a quem mais precisa”, assegurou.

Auxílio Financeiro

Sarto ressaltou que, além da política de segurança alimentar, o projeto Renda em Casa garante, também pelo período inicial de dois meses, auxílio financeiro no valor de R$ 100 mensais destinados a feirantes, ambulantes, artesãos e empreendedores cadastrados nos projetos Meu Carrinho Empreendedor, Mulher Empreendedora e Meu Bairro Empreendedor.

A medida, gerida pela SDE, irá contemplar 5.496 pessoas. Dentre os requisitos básicos para a aquisição do benefício, destacam-se a atualização cadastral pelo site rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br, a apresentação de cópia digital de documentos de identificação (RG e CPF), além do envio de comprovante de endereço atualizado.

Todo o processo será avaliado por comissão técnica da SDE. O repasse do auxílio em dinheiro será realizado por meio de transferência ou ordem bancária realizada diretamente ao beneficiário.

A iniciativa permite que empreendedores cadastrados no Município possam ter condições mínimas de subsistência neste período de calamidade pública, causado pelo novo coronavírus.

Projeto Renda em Casa

O Projeto Renda em Casa, integrado ao Programa Fortaleza por Todos, atenderá até 20.500 pessoas por meio de um pacote de ações de proteção social destinado à população mais vulnerável da Capital.

(*) Com informações Prefeitura de Fortaleza

Postar um comentário

0 Comentários