30/03/2021

Viveiros são destaques no segundo dia da I Semana da Flora do Ceará

  blogdoamauryalencar.blogspot.com.br       30/03/2021

 




O segundo dia da I Semana da Flora do Ceará, ocorrido na manhã de hoje (30), foi marcado pela apresentação de três casos de sucesso sobre viveiros de produção de mudas. O evento virtual, transmitido pelo canal YouTube da SEMA, foi moderado pelo técnico Kelven Pinheiro, da Coordenadoria de Biodiversidade (Cobio), da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA). Ele também apresentou o Programa de Valorização de Espécies Vegetais Nativas, no contexto da Célula de Políticas de Flora (Ceflor/Cobio/SEMA).

Ele destacou que o programa, criado por Lei Estadual (16.002/2016), possui estratégias e competências com foco nos canteiros de mudas, onde germinam e se desenvolvem todo tipo de planta e onde as mudas são cuidadas até serem levadas aos locais onde serão plantadas. “Um dos nossos objetivos é a descentralização, produção e doação de mudas”, disse. “Viveiros devem atender demandas, operar com estabilidade econômica e integrar práticas públicas de reflorestamento da região, de forma a participar do desenvolvimento socioambiental”, ressaltou Kelven.

Jardim

Em seguida, o moderador deu a palavra ao servidor da Prefeitura Municipal de Jardim, José Alves. Ele apresentou o case: “Viveiro Regional de Mudas Vegetais do Município de Jardim”. De acordo com Alves, o equipamento foi inaugurado em 2011, incentivado pelo Programa Selo Município Verde, promovido pela SEMA. “Um dos principais destinos das nossas mudas são as solicitações das áreas de influência do município”, explicou. “A produtividade sofreu uma queda, por conta das dificuldades em tempos de pandemia, mesmo assim, em 2020, produzimos 12.370 mudas”, informou. O Ipê, com todas as suas variantes, é “a campeã de produtividade”.

“Conforme lei estadual e termos da cooperação técnica com a Secretaria, nossa prioridade são as nativas”, afirmou. Segundo Alves, ano passado, “toda a produção” foi disponibilizada para o reflorestamento da Chapada do Araripe, atingida por incêndios florestais. O viveiro de Jardim está localizado na Floresta Nacional do Araripe (FLONA), no distrito de Horizonte, 12km da sede do município. “Produz espécies vegetais nativas destinadas ao florestamento, reflorestamento e ações de educação ambiental, de acordo com o programa Ceará mais Verde”, encerrou.

Viveiros estaduais

Devido a um problema técnico na internet, a apresentação, diretamente do Maciço de Baturité, pelo técnico da SEMA, José Sampaio, sobre as experiências do Horto Florestal – Viveiro de Mudas de Árvores da Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra de Baturité, não foi possível. Ele foi substituído pelo moderador. O destaque da produção de mudas deste viveiro é o processo de compostagem de material orgânico.

Segundo Kelven, os viveiristas da APA utilizam galhos, resultantes de podas do jardim e folhas caídas em áreas próximas ao Horto, que depois de varridas são trituradas em forrageiras e colocadas na composteira. “A biomassa resultante recebe adição de terra e misturada em uma betoneira até se transformar em um substrato homogêneo, usado no enchimento dos saquinhos de mudas”, explicou. “Só neste ano, mesmo com a pandemia, o Horto Florestal já produziu 11.515 mudas”, encerrou.

A bióloga Roberta Rocha trouxe um pouco da história do viveiro do Parque Estadual Botânico do Ceará (PEBC), unidade de conservação (UC) estadual, de categoria Proteção Integral, localizada no município de Caucaia. “Nosso viveiro foi inaugurado em 1996, com pequena produção para doações”, disse. “Com o aporte da iniciativa pública e privada, crescemos, tanto que em 2020, produzimos 120 mil mudas”, destacou. “Nosso objetivo é a produção de nativas, mas temos um foco naquelas espécies que estão com risco de extinção, a exemplo do pau-violeta e da aroeira- do- sertão”, revelou.

Encerramento

A I Semana da Flora do Ceará encerra-se nesta quarta-feira, dia 31, com mesa redonda sobre o lançamento do projeto do Inventário da Flora do Ceará. Você não pode perder! O quadro técnico, responsável pela elaboração do projeto, vai abordar aspectos metodológicos e debater sobre a importância da flora nativa, pesquisas, assim como um Inventário, para subsidiar políticas de conservação da natureza. A live contará com a participação do Secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruno.

SERVIÇO
Live: Mesa Redonda, LANÇAMENTO DO PROJETO DO INVENTÁRIO DA FLORA DO CEARÁ
Dia: 31 de março (quarta-feira)
Hora: 9h
Plataforma: YouTube (SemaSecretariadoMeioAmbiente)

logoblog

Thanks for reading Viveiros são destaques no segundo dia da I Semana da Flora do Ceará

Previous
« Prev Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.