Três são acusados de extorquir família no sítio Chico, em Várzea Alegre

 









Uma família perdeu R$20 mil no sítio Chico, Zona Rural de Várzea Alegre, na noite da quarta-feira, 17, em um crime de extorsão.

A informação é da Polícia Militar, que preservou a identidade da família. Conforme a PM, eram por volta das 22h, quando foi informada via 190, acerca do crime.

Um empresário relatou para os policiais, que se encontrava em casa junto da sua esposa e filhos, quando por volta das 19h, chegaram uma mulher e dois homens na sua residência, todos trajando uniforme da Policia Civil, inclusive com distintivos e algemas.

Os golpistas disseram para o empresário que tinham mandados de busca e prisão em desfavor dele, e que também a Polícia Federal faria visita à família no dia seguinte para prendê-lo.

Na conversa, os criminosos apresentaram um acordo para o empresário, caso fosse dado alguma quantia em dinheiro. Então, no momento em que ameaçaram algemar a vítima, a sua esposa, em desespero, disse que tinha uma quantia de R$ 20.000,00, e fez a entrega do dinheiro.

A família conseguiu ver pelas câmeras de segurança, que os suspeitos estavam em um veículo Fiesta de cor prata. Foram realizadas diligências no intuito de localizar os autores do crime, mas até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso.

A vítima foi orientada a comparecer na delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência – B.O.


  Várzea Alegre Agora 

Postar um comentário

0 Comentários