Bispo de Tianguá suspende padre Camocinense por 1 (um ) ano

 










O Bispo da diocese de Tianguá, Dom Edimilson Neves, comunicou que a partir de hoje (01/02), o  padre camocinense Adriano Rocha da Silva está "suspenso de ordem" para discernimento vocacional.  Por tanto, está proibido de celebrar missas e os demais atos de poder de ordem e de regime. 


O único sacramento que o padre poderá exercer é a confissão a qualquer penitente que esteja em risco de morte.


O comunicado do Bispo foi lido durante as celebrações eucarísticas realizadas ontem (31/01) em toda a  diocese. 


Em tempo: O padre Adriano aceitou o convite para ser secretário secretário da cidadania e promoção social do novo governo municipal do município de Viçosa do Ceará.


 Sobre este assunto garanto falar noutra postagem e imprimir opinião sobre a questão. 



O comunicado do Bispo.




Carlos Jardel 


 Revista Camocim on line 

Postar um comentário

0 Comentários