O Governo do Estado, por meio da Vice-Governadoria, da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) e da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), debateu na tarde desta quinta-feira (5), em consulta pública virtual, a expansão do Pacto por um Ceará Pacífico em 10 municípios. As cidades contempladas serão Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Maranguape, Iguatu e Quixadá. A ação faz parte das implementações do Programa Integrado de Prevenção e Redução da Violência (PReVio).

Participaram do evento a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, a secretária executiva de política para mulheres da SPS, Denise Aguiar, além do consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Federico Monte. Algumas instituições da sociedade civil também marcaram presença no encontro virtual, como a Casa da Mulher Brasileira, o Centro de Referência da Mulher, entre outros.

Izolda Cela iniciou a reunião explicando a importância de conversar com a população através de canais de comunicação abertos pelo Governo por meio de iniciativas como o PReVio. “O programa enxerga como requisito conversar com as pessoas, com as instituições que tem interesse e que estão direta ou indiretamente relacionadas com as ações que se pretende desenvolver. Esse canal de comunicação é muito importante para informar as pessoas, para ouvir críticas, dúvidas, contribuições que possam ajudar durante a caminhada”, comentou.

A vice-governadora também discorreu acerca do motivo para a escolha da expansão do Pacto por um Ceará Pacífico nos 10 municípios mais populosos do Estado. “As ações se expandem inicialmente para 10 municípios do Ceará, em um recorte de população que também se compõe com outros aspectos, como indicadores e situações que esses municípios vivem e que portanto exigem atenção, articulação e apoio para nós termos sucesso nessa área da prevenção”, disse.

Denise Aguiar lembrou das Salas Lilás, estruturas voltadas para o fortalecimento da política de prevenção à violência de gênero nos municípios cearenses, outra importante ação que será implementada pelo PReVio. “As Salas Lilás implementadas com todos os estudos técnicos e percepções abrangendo certas regiões do Estado, foi mais uma forma de investir na política de interiorização para o enfrentamento da violência no Ceará”, pontuou.

Ações no Estado

O Programa de Expansão do Pacto por um Ceará Pacífico para os dez municípios mais populosos do Estado é embasado na definição de 11 vulnerabilidades prioritárias, baseadas em evidências, relacionadas à prevenção da violência. Portanto, conforme diagnóstico realizado em cada município, serão desenvolvidos projetos específicos voltados para o atendimento a cada vulnerabilidade.

Além da expansão do Pacto, acontecerá a implementação das Salas Lilás em dez municípios com população inferior a 60 mil habitantes. As cidades agraciadas serão Limoeiro do Norte, Tauá, Acopiara, Boa Viagem, Barbalha, Beberibe, Eusébio, Itapagé, Trairi e Granja. As estruturas ficarão dentro de delegacias da Polícia Civil e terão total capacitação e efetivo para o atendimento de mulheres em situação de violência.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib