Foto >  Thiago Sousa 



As Eleições Municipais 2020 trouxeram muitas mudanças na Região do Cariri. Diferente do que especulavam as pesquisas, em Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (PODEMOS) foi eleito com 38,18% dos votos.

O resultado saiu oficialmente por volta das 23h, depois de problemas no sistema do Tribunal Superior Eleitoral. Mas, os eleitores já comemoravam nas ruas da cidade, a vitória do candidato mais jovem a chegar na prefeitura de Juazeiro, com apenas 39 anos.

E após um domingo de comemorações, subida ao Horto em agradecimento pela vitória, Glêdson descansou pela manhã e só atendeu a imprensa no comecinho da tarde da segunda-feira (16).

Foto: Thiago Sousa

Em entrevistas nas rádios, TV’s, portais de internet, eleitores aguardavam por ele na saída das emissoras ou gritavam pelo nome dele. O sorriso no rosto dele, mesmo que por baixo da máscara, era nítido. Quando questionado, a resposta foi a mais esperada possível.

“Sensação de muita alegria depois de uma luta enorme que nós enfrentamos. Conseguir chegar até aqui não foi fácil, mas é muito prazeroso e gratificante, pois eu tinha certeza que o povo de Juazeiro queria Glêdson. E nos enfrentamos uma luta muito árdua nos últimos três dias, que se a gente não tive uma densidade eleitoral muito grande, certamente a gente tinha ficado pelo meio do caminho. Muita gente achava que eu não seria candidato em três dias e reverter isso é muito difícil. Uma pesquisa colocando a gente com 12 pontos a menos e a gente abriu as urnas com dois pontos a mais. Catorze pontos de erro? Isso não é margem de erro, é um açoito, uma falha gravíssima, Mas a gente superou tudo isso, e o povo de Juazeiro mesmo assim quis. Esse carinho que você constata agora [muitas pessoas acenavam e gritavam por Glêdson durante a entrevista], eu tive em toda a campanha”, enfatizou.

. Foto: Reprodução

Glêdson foi vereador por 12 anos no município, chegou a assumir a Presidência da Câmara e era um parlamentar ativo. Ele foi quem deu início as construções da nova sede da Câmara de Vereadores, localizada no bairro José Geraldo da Cruz. O novo prefeito diz ter certeza que nestes anos de mandato, ele conseguiu nutrir o acolhimento do juazeirense, principalmente porque conhece as demandas municipais.

“Nesses 12 anos de mandato de vereador, eu sempre procurei estar em luta com todas as causas de Juazeiro. Por isso que quando as pessoas perguntam: ‘Glêdson, tu é mais de esquerda, tu é mais de direita?’ E eu respondo: ‘Eu sou de causas, sou pra frente, causas várias’. Aqui eu conheço cada palmo desse chão. Conheço as associações, os clubes, o serviço público, os servidores públicos, os problemas da nossa gente. Eu busco solução para os problemas da nossa gente e isso foi criando uma densidade, uma empatia. [Conheço também] os permissionários de mercados, ambulantes, enfim, muita gente e categorias de um modo geral que eu me identifico com elas. E a partir dessa escuta, nós vamos ouvindo os problemas e buscando as soluções, eu acho que por isso nossa campanha foi tão vitoriosa”. pontuou.

Candidato eleito sub judice 

Faltando três dias para encerrar as eleições, ele teve a candidatura indeferida, porque segundo a juíza Drª. Kamila Moreira Castro, o candidato não teria apresentado comprovação de desincompatibilização do cargo que exerce na Polícia Civil.

Apesar de ainda não ter saído uma decisão, Glêdson diz que tem a convicção que tudo é questão de tempo, principalmente porque ele já tinha feito o mesmo procedimento quando foi candidato a vereador e deputado estadual.

“Tenho a plena convicção que isso é só questão de tempo, porque nós já temos um parecer favorável do Ministério Público Eleitoral, o problema é que só tinha três dias [antes da eleição}, não dava para explicar ao povo de Juazeiro isso. Mas nossos adversários foram eficientes em dizer que a gente estava inelegível e que não iria para canto nenhum. Aquilo foi muito ruim. Mas eu tenho certeza diante de todas as conversas que tivemos com os grandes juristas do estado do Ceará, eles são unânimes em dizer que tudo aquilo que eu fiz em quatro candidaturas: três de vereador e uma de deputado estadual, foi o mesmo procedimento agora para prefeito, então não tem como dar errado. Vale salientar que dois colegas candidatos a vereadores que fizeram o mesmo procedimento copiando o meu texto, que eu quem dei uma cópia a eles e deu certo. Quando o tribunal se juntar, a justiça vai ser feita e eu confio na justiça desse país”, detalhou.

Foto: Thiago Sousa

Primeiros objetivos

A posse só vai acontecer no dia 1º de Janeiro de 2021, mas Glêdson já sabe qual será o primeiro foco ao assumir o executivo municipal para ele. O foco é nas finanças, para em seguida partir para outras pautas importantes com a saúde, educação, infraestrutura e na geração de emprego e renda.

“Eu bati muito na tecla dos contratos superestimados do nosso município. Não quero olhar pelo retrovisor, eu não tenho tempo para isso. O gestor precisa olhar para frente e os problemas são enormes, inúmeros e eu tenho que tomar pé da situação. Então é cortar gastos desnecessários, cortar contratos superestimados, economizar o dinheiro publico. Esse é o primeiro passo: organizar as finanças do nosso município e depois fazer os investimentos urgentes em saúde, educação, infraestrutura, geração de emprego e renda, que depois dessa pandemia a gente vai ter que ter muita criatividade para gerar emprego e renda no nosso município”, enfatizou.

Glêdson agradece ao povo que confiou e escolheu ele como prefeito de Juazeiro do Norte por quatro anos e deixa uma mensagem para todos que o apoiaram durante a campanha:

“Muito obrigado meu Deus. Agradeço ao nosso Padim Padre Cicero, que ele possa nos iluminar. Agradecer em nome da minha família, em nome da minha mãe Elizabeth, aos meus familiares, amigos, meus parceiros: Giovanni Sampaio, Gilmar Bender e Normando Sóracles, que eles foram determinantes para chegar até aqui. Agradeço ao povo de Juazeiro do Norte, ao meu partido que me acolheu e abraçou. Agradecer a imprensa, que é determinante para levar o nosso nome, a nossa mensagem. Eu tenho certeza que meu coração é só gratidão, ao povo da nossa terra, que vestiram a camisa. [Agradecer também] aos nossos colaboradores: marketing, bandeiras, ativistas, só agradecer a todos, que a nossa historia está só começando”, finalizou Glêdson.

Foto: Thiago Sousa

Ao lado dele, estará Dr. Giovanni Sampaio (PSD) com vice-prefeito. Um fato curioso é que ele foi reeleito no cargo, tendo em vista que ele era vice de Arnon Bezerra (PTB), mas que no meio do percurso, romperam relações políticas.

Para Giovanni, estar ao lado de Glêdson é pensar diferente. Ele acredita que a jovialidade do companheiro, será um ponto primordial para dar força de vontade na solução dos problemas. Ele também diz que juntos, possam atender as necessidades do povo de Juazeiro.

“Mais do que na frente da vice prefeitura, é ter uma nova mentalidade. Glêdson é o prefeito mais novo eleito da história de Juazeiro tem muita energia, muita garra. Teve um trabalho muito forte na câmara e assim sendo, nós esperamos que ele com sua equipe e todos nós possamos ir de encontro as necessidades do povo de Juazeiro, que reclama muito de saúde, falta de remédios, falta de médicos nos PSFs. Essa é uma queixa de quase 70% e eu tenho a impressão de que em 90 dias, nós conseguimos colocar médicos em todos os PSFs, em apenas 90 dias”, pontuou.

O vice-prefeito vê que a experiência de Glêdson na câmara será peça-chave numa renovação administrativa nos próximos quatro anos. Além disso, vai somar com a experiência do vice-gestor na Prefeitura.

“Quando eu comecei com meu sogro e Dr. Mauro Sampaio foi 1996, essa é a 7ª eleição seguida que a gente ganha. A gente aprendeu muita coisa com acertos e com erros dos outros. Então, quando a gente vê que conhece as pessoas, vai fazendo a interação. Eu acho que conheço bem a máquina administrativa da prefeitura e vou tentar ajudar. Glêdson também conhece pela condição de vereador por 12 anos e de Presidente da Câmara. Como presidente,  ele tem uma relação muito próxima com o prefeito, com as ações, projetos, liberações de recursos. Sendo assim, acho que não vai ter problema e nem dificuldade, porque ele já é um politico experimentado com gestor na câmara”, finalizou. 


      ( Badalo)  

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib