PF em operação (Foto: Divulgação)
PF em operação (Foto: Divulgação)




A Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão contra um homem investigado por fraudar contas em nome do jogador Neymar da Silva Santos Junior. Uma das contas seria para receber o auxílio emergencial do Governo Federal, conforme a PF. Ação foi na manhã desta terça-feira, 27, em Fortaleza.

O objetivo do mandado é corroborar com provas o inquérito que investiga fraudes na abertura de contas na Caixa Econômica Federal para recebimento fraudulento do auxílio emergencial do Governo Federal. A Justiça Federal do Ceará expediu a ordem cumprida em Fortaleza, no endereço da residência do acusado. De acordo com a PF, foram apreendidos documentos e mídias. O material será submetido à perícia técnico-científica.



A investigação aponta que o homem abriu duas contas utilizando os dados do jogador Neymar e cadastrou, por meio de um celular, os dados para recebimento do auxílio emergencial. Nos meses de abril e maio, consta que houve recebimento de benefício do auxílio emergencial aprovado em nome do empresário Luciano Hang e transferido para a conta fraudulenta em nome do jogador.



Em nota, a PF diz que a investigação apurou também que o homem tentou ainda aplicar golpe semelhante utilizando o nome do atual Ministro da Economia, Paulo Nunes Guedes, e logrou êxito em cadastrar diversas pessoas para o recebimento de auxílio emergencial cujas parcelas foram por ele sacadas. "O investigado e quaisquer outros partícipes das fraudes contatadas na investigação responderão pelos crimes de estelionato majorado, falsificação de documento público, uso de documento falso e organização criminosa, na medida de suas responsabilidades", conclui a PF.


o Povo 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib