(crédito: PRF/Divulgação)
(crédito: PRF/Divulgação)

chuva que atingiu o Distrito Federal, ontem, causou estragos na cidade. Houve registros de acidentes de trânsito, quedas de árvores e falta de energia em diversos pontos da capital. As precipitações devem perdurar, pelo menos, até quinta-feira, segundo informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para hoje, a previsão é de céu nublado, pancadas de chuvas e possíveis trovoadas. As temperaturas devem ficar entre 17°C e 24°C, e a umidade relativa do ar entre 100% e 55%.



Até a tarde de ontem, a Companhia Energética de Brasília (CEB) recebeu 215 chamados de falta de energia, sendo 46 na área Leste; 105, no Centro; 11, no Oeste; e 53, no Sul. Mais de 40 equipes do órgão atuaram no atendimento às ocorrências, priorizando os casos emergenciais. Ontem, 4.383 unidades consumidoras da Octogonal, do Sudoeste e do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) ficaram sem luz de manhã em decorrência da queda de uma árvore. A situação foi normalizada por volta de 12h.

Durante a madrugada, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) recebeu inúmeros chamados de acidentes. Entre eles, o tombamento de um caminhão carregado de soja na BR-020, sentido Formosa (GO) — Brasília. Não houve feridos, mas a carga espalhou-se por toda a pista, e a via precisou ser interditada até as 7h. De manhã, por volta de 8h30, outros cinco acidentes aconteceram na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Todos sem gravidade, mas provocaram retenção no trânsito. O Corpo de Bombeiros pede para que os condutores redobrem a atenção e diminuam a velocidade no período de chuva.


Na noite de domingo, em um intervalo de 30 minutos, houve dois capotamentos do DF. O primeiro acidente aconteceu na EPTG, próximo ao viaduto de acesso ao Guará I. Uma Toyota Hillux atravessou a via de um sentido para o outro e capotou, parando com o teto para baixo na faixa central da rodovia sentido Guará/SIA.

O segundo, aconteceu na BR-020, na via embaixo do viaduto do Posto Colorado. O motorista Caio Rodrigues de Abreu, 28 anos, que dirigia um Celta prata, apresentava suspeita de trauma da coluna vertebral e foi transportado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Base.



A corporação foi acionada, também, para atender ocorrências de quedas de árvores nas regiões da Candangolândia, Asa Sul, Sudoeste e Santa Maria. Na 306 Sul, dois carros foram atingidos por uma árvore. Não houve feridos.

Previsão

A média histórica de precipitações para este mês, no DF, é de 159,8 milímetros. Até ontem, o DF havia atingido 75,4mm, segundo o Inmet. Até quinta-feira, a temperatura deve variar entre 16°C (mínima) e 26°C (máxima) e a umidade relativa do ar deve ficar entre 95% e 55%.

“Na sexta-feira, o Sol deve aparecer mais forte e a temperatura pode passar dos 30°C. Mas com chances de chuva no fim da tarde e início de noite”, detalhou Mamedes Luiz Melo, meteorologista do instituto. De acordo com o especialista, as chuvas até quinta-feira devem ser pontuais e mais tranquilas. 


Correio Braziliense 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib