A agitação dos bastidores políticos com tantas articulações reservou para as últimas horas, após anunciado o entendimento entre Solidariedade (SD) e MDB, um fato que envolve lideranças políticas nacionais que estão de olho na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. O acordo saiu na noite desta segunda-feira.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou reverter a aliança em apoio à candidatura de Heitor Férrer para atrair o MDB para o palanque do PT, que lançará a candidatura de Luizianne Lins à sucessão na Capital.

O apelo do ex-presidente Lula foi feito ao presidente estadual do MDB, Eunício Oliveira, que costurou a coligação com o Solidariedade. Eunício disse ao líder petista que não poderia romper o acordo anunciado e, por essa razão, mantinha a palavra e o compromisso fechado com o Solidariedade. O MDB indicará o vice na chapa do candidato a prefeito Heitor Férrer.


Ceará agora 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib