Preso em Mauriti homem que matou garota por se negar a fazer sexo com ele
João Aurora e Roberta

Uma mulher de 28 anos de nome Roberta Oliveira Barbosa, morreu após ter sido esfaqueada no município de Mauriti, no Sul do Ceará, por volta de 11h30 deste sábado (27). O ex-padrasto, João Soares Chagas, conhecido como “João Aurora”,  foi preso suspeito do crime de feminicídio.

De acordo com a Polícia Militar, o homem teve um relacionamento com a mãe da vítima, mas atualmente eles estavam separados.
Na manhã deste sábado (27), ainda segundo a PM, ouve um desentendimento entre a mãe da vítima e o ex-padrasto, de 52 anos, a jovem, Roberta Oliveira Barbosa interveio e foi morta a golpes de faca.
Roberta chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Brejo Santo, cidade vizinha, mas não resistiu aos ferimentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem