A deputada Érika Amorim (PSD) relatou, durante a sessão do Sistema de Deliberação Remota (SDR) que municípios cearenses, como o de Caucaia, estão com dificuldades de comprar insumos hospitalares no mercado por conta de escassez dos materiais.
 
De acordo com a parlamentar, o município da região metropolitana, que possui a segunda maior população do Ceará, está com os hospitais lotados. Dos 102 leitos na unidade municipal, 42 de enfermaria e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), foram destinados exclusivamente para pacientes com a Covid-19.
“As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão lotadas, os hospitais também, e estamos pedindo que a população fique em casa. Estamos muito preocupados até onde isso pode chegar. Já solicitamos ao governador Camilo Santana a montagem do hospital de campanha. Após isso, disporemos de mais 10 UTIs, totalizando 20 e mais leitos de enfermaria”, informou. 
“Quando uma crise como essa acontecer em um local específico os outros se unem e ajudam, mas estamos em um momento em que todos estão precisando desses equipamentos. Estamos com dificuldades de comprar até suporte para soro pela escassez no mercado”, disse.
A deputada lamentou também que algumas pessoas estejam usando do momento para divulgar informações falsas, muitas vezes com viés "politiqueiro” e fazendo com que a população entre em pânico. Érika Amorim solidarizou-se ainda com as famílias das pessoas mortas pela Covid-19 e parabenizou os médicos e todos que estão na linha de frente do combate a doença.
Postagem Anterior Próxima Postagem