Coronavírus no Ceará: Camilo diz que retomada econômica pode recuar se números piorarem



Movimentação no Centro de Fortaleza na semana passada (Foto: Thais Mesquita)
Movimentação no Centro de Fortaleza na semana passada (Foto: Thais Mesquita)

O governador Camilo Santana (PT) usou as redes sociais nesta segunda-feira, 29, para destacar a importância do prosseguimento do respeito às medidas de isolamento social no Ceará, segundo ele descumpridas por parte dos cearenses. Ele disse que a retomada econômica pode recuar se números do coronavírus no Estado piorarem. Dados da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa-CE) desta segunda-feira mostram 108.225 confirmações da infecção, com 6.076 mortes.
"Tenho alertado que a situação não é de normalidade. A epidemia continua. O cenário ainda é de preocupação. Tenho visto imagens de aglomerações injustificáveis. É preciso responsabilidade", escreveu o petista. 
Ele adicionou que, se não houver "consciência de todos", os números da Covid-19 podem voltar a subir, o que fará com que a retomada da atividade econômica seja retardada.
"A economia é importante, as pessoas precisam voltar a trabalhar, mas muita gente está ignorando os alertas e colocando sua vida e a dos outros em risco. Essa luta só será vencida se todos colaborarem", ele enfatizou.
Junto com pronunciamento, Camilo postou um vídeo de nova campanha de conscientização do Governo do Estado. Confira abaixo:
"Tenho alertado que a situação não é de normalidade. A epidemia continua. O cenário ainda é de preocupação. Tenho visto imagens de aglomerações injustificáveis. É preciso responsabilidade. Se não houver consciência de todos, os números da Covid podem voltar a subir e o Processo de Retomada Econômica não avançará, podendo, até mesmo, regredir e negócios serem novamente fechados, o que não queremos que ocorra. A economia é importante, as pessoas precisam voltar a trabalhar, mas muita gente está ignorando os alertas e colocando sua vida e a dos outros em risco. Essa luta só será vencida se todos colaborarem. Só saia de casa quando for necessário, e sempre usando máscara. Compartilho aqui a nova campanha de conscientização do Governo do Estado. Somente juntos iremos vencer essa pandemia".



fonte:o povo online: 
Postagem Anterior Próxima Postagem