Representantes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará e das vinculadas Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense participaram de uma videoconferência, nessa segunda-feira (30), com membros da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). O objetivo da reunião foi a elaboração de um plano operacional de atuação integrada em razão da possível evolução de cenário da pandemia da Covid-19 em todo o país.

A partir dessa troca de informações entre SSPDS e MJSP, por meio da Seopi, serão apresentadas as estratégias de monitoramento do que esta sendo feito para combater, evitar e reduzir, no âmbito da segurança pública, a disseminação da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

O secretário executivo da SSPDS, Paulo Sérgio Braga, destaca que durante a reunião para tratar do “Plano Operacional de Atuação Integrada de Segurança” foram discutidos ainda pontos referentes à aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os profissionais de segurança de todo o país, que deverão ser entregues já neste mês de abril. A outra pauta foi a elaboração de planos de contingência para os possíveis cenários da doença em território brasileiro.

“A partir de agora, teremos alguns cenários a se analisar. O primeiro é a manutenção do isolamento social nos próximos sete, 14 e 21 dias. Então, nesse primeiro momento, elaboraremos um plano para abranger sete dias, até 6 de abril. Ou seja, coincidirá praticamente com o período decretado pelo governador Camilo Santana. Serão 23 itens analisados desde a quantidade de servidores afastados pela doença, ações que impactam no sistema prisional, até a quantidade de roubos de cargas e interdição de rodovias federais e estaduais, entre outros. Sobre os demais cenários, teremos outras reuniões, mas esse primeiro plano de contingência focará no isolamento total, com previsões sobre o que ocorrerá em nível de Estado e tendo como base os decretos do governador”, destacou.

Além do gestor da SSPDS, a coordenadora da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS, Adriana Arruda, também participou da videoconferência. Pelas vinculadas, estiveram presentes o coordenador de operações da PMCE, tenente-coronel Vandicles de Oliveira; o comandante do Batalhão de Socorro de Urgência do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), tenente-coronel José Bonifácio; o diretor do Departamento Técnico Operacional da Polícia Civil do Estado do Ceará, Fernando Menezes; e o coordenador de Perícia Criminal da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), Rômulo Lima.
Postagem Anterior Próxima Postagem