O Açude São Matheus, responsável pelo abastecimento de Canindé, voltou a sangrar após 11 anos. Através de sua rede social, a prefeita Rozário Ximenes comemorou o fato.

"Após longos anos de difícil convivência com a falta d’água, finalmente nosso Açude São Matheus sangra, trazendo muita alegria para nossa gente.

Vale lembrar que, em todo período de seca, fizemos nossa parte no enfrentamento a escassez de água, com perfuração de poços, escavação de cacimbas nos leitos dos rios para que os criadores pudessem dar água aos seus animais, construção do maior número de cisternas, disponibilização de muitos carros pipas, sendo o nosso município o primeiro a fazer esse convênio, a importante conquista da Adutora Permanente do General Sampaio, e outras ações importantes que garantiram o abastecimento básico para nossa gente, somando-se a execução de 22 projetos do Água Doce em parceria com o Governo do Estado. Além disso representamos o Ceará em Seminário Internacional sobre o Modelo de Convivência com a Seca.

Agora, é hora de agradecer a Deus por esta riqueza. Mas é também o momento de se conscientizar e fazer uso dessa água de forma responsável, evitando desperdício e lembrando das enormes dificuldades por nós já enfrentadas.

Sabemos da beleza da sangria e importância para todos nós, mas peço encarecidamente que respeitem o isolamento social, voltem para suas casas e não se aglomerem na parede do açude ou no sangradouro. A pandemia que estamos enfrentando é muito séria, apesar de toda felicidade com a cheia, precisamos respeitar a quarentena e seguir as orientações médicas no combate ao Covid-19", disse a gestora.

Foto: WF Imagem


Quixeramobim agora 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib