Juiz determina bloqueio de bens do prefeito de Santa Quitéria acusado de improbidade

O juiz Francisco Gilmario Barros Lima determinou a indisponibilidade de bens do prefeito de Santa Quitéria, Tomás Figueiredo, acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). A ação tem a ver com a licitação de veículos para fazer o transporte de alunos.
Segundo o MPCE, “foi constatado uma série de irregularidades no âmbito do contrato de serviço de transporte escolar do município, que vão das péssimas condições dos ônibus até a ilegalidade cometidas pelo Poder Público e pelas empresas contratadas”.
O bloqueio de bens do prefeito de Santa Quitéria e outros agentes públicos tem limite de R$ 1.050.000.

(CN7)