Bombeiros do Rio de Janeiro embarcam para combate a incêndio na Amazônia Legal


Uma equipe de 30 militares do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro embarcou hoje (5) para a Amazônia levando equipamentos operacionais para apoio à operação de combate aos incêndios florestais na Amazônia Legal.

 

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea do Galeão até o município de Novo Progresso, na Serra do Cachimbo, sudoeste do Pará, onde os bombeiros fluminenses atuarão por pelo menos 15 dias.

Em nota, a corporação informou que além de profissionais especializados no combate a fogo em vegetação, o grupo também conta com militares da área de busca e salvamento, habilitados para realizar resgates de pessoas ou animais em locais de difícil acesso.

Os bombeiros do Rio vão integrar a força-tarefa coordenada pelo Ministério da Defesa, que também é composta por bombeiros do Paraná (PR) e de Minas Gerais (MG).
Israel
Onze bombeiros recém-chegados de Israel vão auxiliar as equipes de brigadistas e militares brasileiros que estão combatendo incêndios na Amazônia. Os israelenses chegaram ontem (5) a Brasília e foram recebidos pelo presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.
Segundo o Ministério da Defesa, antes de seguir viagem para Porto Velho (RO), o grupo participou de uma primeira reunião no Centro de Operações Conjuntas, montado no prédio do ministério. A partir de amanhã (6), os israelenses participarão da Operação Verde Brasil, iniciativa que reúne representantes de vários órgãos de Estado para tentar apagar os incêndios que atingem a Amazônia Legal (região composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins).
De acordo com o ministério, os 11 bombeiros israelenses atuarão em áreas a serem definidas pelos responsáveis pela operação. O grupo permanecerá no país até o próximo dia 11. “Os israelenses trazem novas experiências e novas tecnologias. Eles são importantes para trocarmos informações.

(Agência Brasil)