Cariri participa de Paralisação Nacional em Defesa da Educação

Juazeiro do Norte recebe mais uma manifestação na manhã desta terça-feira (13). Contra as mudanças na educação pública, a reforma da previdência e em defesa dos direitos sociais, estudantes, professores e trabalhadores fazem uma passeata nas ruas do Centro, saindo do CREDE 19 e seguindo até a Praça Padre Cícero.

 Cariri participa de Paralisação Nacional em Defesa da Educação


O ato faz parte de uma ação nacional que acontece simultaneamente em pelo menos 144 cidades. No Cariri, segundo a organização do movimento, são mil pessoas reunidas no protesto.

Segundo Zuleide Queiroz, professora da Universidade Regional do Cariri (URCA), os estudantes e professores começam “mais um semestre letivo dizendo não ao projeto future-se, que tira o futuro dos jovens”. Segundo ela, a educação pública está sofrendo um desmonte com o governo atual, e a intensão de estar nas ruas neste dia 13 é alertar às pessoas sobre a repercussão desses cortes em suas vidas.

Maria Vitoria, estudante da URCA e participante no ato, diz que o movimento é em busca de direitos. Ela é uma mulher trans e fala que no mercado de trabalho a colocação dessas pessoas é crítica. “A única porta que se abre para nós é a porta da rua. Este é um movimento em busca dos nossos direitos”, diz ela.


badalo