Presidente da Fecomércio Luiz Gastão participou da solenidade onde o governo do Ceará vai bancar 50% do salário de trabalhadores contratados na pandemia - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking

14/07/2021

Presidente da Fecomércio Luiz Gastão participou da solenidade onde o governo do Ceará vai bancar 50% do salário de trabalhadores contratados na pandemia

                            

Na manhã desta quarta-feira,14, o presidente da Sistema Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, esteve com o governador, Camilo Santana, participando da assinatura e entrega do projeto de lei que institui o Programa Mais Empregos Ceará. A iniciativa irá permitir ao Governo do Ceará subsidiar 50% do salário mínimo para empresas que contratarem novos trabalhadores no segmento de comércio e serviços.


Para Luiz Gastão, este é um passo muito importante que está sendo dado pelo Estado. “ Este é um momento de unir forças e buscar parcerias que possam beneficiar a população e as empresas cearenses. O Sistema Fecomércio tem buscado não apenas ser parceiro, mas ajudar o Governo, as empresas e à população cearense neste momento difícil”, destacou. 


Segundo Gastão, através do Senac, serão ofertadas 20 mil vagas em cursos gratuitos para capacitar esses trabalhadores. Na oportunidade o governador, Camilo Santana parabenizou o Sistema Fecomércio pela atuação em defesa do segmento do comercio de bens, serviços e turismo cearense. 


“Fiz questão da participação da Fecomércio, da presença do Luiz Gastão neste momento, para agradecer este reforço. Essa iniciativa servirá de estímulo para esses trabalhadores, para que possamos ter uma retomada mais forte dos empregos e da economia do Ceará, pontuou Camilo.  


Também participaram do evento a vice-governadora, Izolda Cela, o presidente da assembleia, Evandro Leitão; o presidente da CDL, Assis Cavalcante, além de secretários do Governo.  A expectativa é que o projeto seja votado pelos parlamentares em regime de urgência ainda nesta quinta-feira, dia 15, antes do recesso parlamentar.


                                                Roberto Moreira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.