IGUATU : Cozinha Comunitária está paralisada desde dezembro de 2020; Secretaria de Assistência responde - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking


08/07/2021

IGUATU : Cozinha Comunitária está paralisada desde dezembro de 2020; Secretaria de Assistência responde

 

(Foto: Daniela Lima/Mais FM/TV Mais)

A Cozinha Comunitária localizada à Rua José Caieiras, bairro Areias II em Iguatu está paralisada desde dezembro de 2020. Lá eram servidas cerca de 100 refeições diariamente a pessoas das comunidades circunvizinhas cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS e que mantêm a condição de vulnerabilidade social. A unidade é gerida pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Por entrave burocrático no processo licitatório, pela inflação dos alimentos dos últimos meses e contratempos por parte dos possíveis fornecedores, a Secretaria de Assistência informou que após iniciado o processo para a vigência 2021 em novembro do ano passado, ainda não foi possível finalizar a licitação e concretizar o contrato de compra dos alimentos para o fornecimento das “quentinhas”.

A Cozinha Comunitária é custeada com recurso próprio da Assistência Municipal. Diante do cenário de pandemia e insegurança alimentar das famílias, todas as refeições eram entregues de forma gratuita até o fechamento das atividades no final do ano passado.

Segundo o secretário adjunto de Assistência Social, Daniel Monteiro, o processo licitatório deve ser finalizado ainda em julho, com previsão de retorno da oferta do alimento em agosto, caso tudo transcorra conforme o andamento atual, sem imprevistos. “Na última reunião ordinária do Conselho de Segurança Alimentar, nós tivemos dialogando sobre essa questão. Firmamos o compromisso de dá celeridade e já obtivemos também a resposta do processo licitatório de que no final de junho estaríamos concluindo, agora em julho a gente vai pra parte de assinatura de contratos e deixar tudo alinhado, pra que a partir de agosto (esse é o nosso planejamento…) a cozinha volte a funcionar.” Enfatizou Daniel Monteiro.

Iguatu Pela Vida

Na tentativa de amenizar os impactos da paralisação da Cozinha, a Administração Municipal ampliou a doação de cestas básicas a famílias entregues aos CRAS da rede pública local. “A gente conseguiu ampliar a quantidade de cestas básicas entregues agora no nosso primeiro semestre que também é segurança alimentar e nutricional. Então se por um lado nós tivemos a Cozinha paralisada, teve esse aumento na demanda de cestas básicas”. Disse Daniel Monteiro à reportagem da Mais FM e TV Mais.

Pelo programa assistencial “Iguatu Pela Vida”, em junho deste ano foram entregues 500 cestas básicas aos 06 CRAS da rede pública municipal, os quais fizeram a distribuição às famílias em cada bairro correspondente. Totalizando 2.400 cestas básicas no primeiro semestre de 2021.

                             Mais Fm Iguatu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.