Comissão de Trabalho da Câmara aprova sugestões de emendas do deputado André Figueiredo à LDO de 2022 - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking


14/07/2021

Comissão de Trabalho da Câmara aprova sugestões de emendas do deputado André Figueiredo à LDO de 2022

                      


 

Trabalho aprova sugestões de emendas do deputado André Figueiredo à LDO de 2022: solicitações destinam recursos à qualificação profissional e o fortalecimento da Economia Solidária no Brasil

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou duas sugestões de emendas do deputado federal André Figueiredo ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 (PLN 3/2021). As emendas do parlamentar cearense buscam destinar emendas do Orçamento da União para a aumentar o número de jovens e adultos qualificados para o mercado de trabalho e o fortalecimento e o fomento de políticas públicas para a economia solidária, ou seja, mais oportunidade de desenvolvimento para os empreendimentos solidários existentes no Brasil, como por exemplo as cooperativas. 

Na reunião da Comissão nesta terça-feira, André Figueiredo defendeu suas emendas destacando o sucateamento dos programas que destinavam suporte às estruturas de qualificação profissional e economia solidária no Brasil com o atual Governo Federal. “Nós tínhamos uma Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes) ligada ao extinto Ministério do Trabalho e Emprego que tinha uma atuação muito eficiente para beneficiar esse público extremamente vulnerável. Esperamos com essas duas emendas aprovadas termos a esperança fortalecermos na Lei Orçamentária Anual os recursos destinados tanto para a economia solidária quanto para a qualificação deste público”, frisou André.  

Para o Brasil que tem mais de 14,7 milhões de pessoas desempregadas, o potencial do cooperativismo e da economia solidária no Brasil pode ser um caminho para diminuir este número alarmante e ainda promover um crescimento econômico. De acordo com dados da Aliança Cooperativa Internacional, mundialmente, três milhões de cooperativas contribuem significativamente com o crescimento econômico, com geração de empregos estáveis e de qualidade. 

As sugestões de emendas do deputado André Figueiredo ainda serão analisadas na Comissão Mista de Orçamento nestes próximos dias.

  

                    Roberto Moreira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.