Professores fazem manifestação e secretária de Juazeiro informa que vai recorrer para realizar contratações temporárias - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

07/06/2021

Professores fazem manifestação e secretária de Juazeiro informa que vai recorrer para realizar contratações temporárias

 


Professores fazem manifestação e secretária de Juazeiro informa que vai recorrer para realizar contratações temporárias
Professores e pais de alunos da rede municipal de ensino realizaram uma manifestação diante da sede da Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte (Guto Vital/Agência Miséria)

Na manhã desta segunda-feira (07) professores e pais de alunos da rede municipal de ensino realizaram uma manifestação pacífica diante da sede da Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte (Seduc). O repórter Toni Sousa e o cinegrafista Guto Vital foram até o local entrevistar os atores envolvidos.

“Eu tô aqui em nome de todos os pais e mães que precisam que seus filhos estudem. […] Os professores que estão aqui […] querem dar uma educação para os filhos também. Só um diretor e um coordenador não vai resolver o problema, não”, explicou Samuel, pai de um estudante da rede municipal de ensino de Juazeiro do Norte. De acordo com o homem, há dias o filho não recebe atividades escolares e está sendo educado através de aulas de reforço particulares. 

A professora Maria, uma das participantes da Seleção Simplificada realizada pela Prefeitura de Juazeiro do Norte no início deste ano, contou que os profissionais que participaram da seleção não receberam novas informações desde a suspensão. “[…] Não saiu nada no Diário Oficial, ninguém da gestão se pronunciou e estamos aguardando um posicionamento tanto do Ministério Público como do Poder Executivo do município. […] A gente sabe que a Educação não funciona sem professores”, declarou.

A secretária de Educação de Juazeiro do Norte, Pergentina Jardim, informou que a Pasta teve acesso ao processo e “ele (o processo) foi dado pelo Juiz da 1ª Vara Cível como nulo e nós vamos recorrer à outra instância, no sentido de que a gente possa contratar esses professores para vínculo temporário”.


       ( Miséria) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages