Enel cobra cerca de R$ 2 milhões da prefeitura de Quixadá em dívidas deixadas pela gestão passada

 









A Enel, empresa fornecedora de energia elétrica, enviou uma cobrança para a Prefeitura Municipal de Quixadá informando uma dívida de quase dois milhões de reais. No documento a empresa, ainda, afirma que para que sejam ampliados os serviços é necessário a adimplência da administração municipal com a companhia.

O prefeito Ricardo Silveira, em postagem nas redes sociais, disse que a situação seria uma irresponsabilidade da gestão anterior. “A gestão passada acha que para atender as pessoas nas repartições públicas, não precisamos de energia. E irresponsavelmente deixou sob nossa responsabilidade débitos desde o ano de 2017 até o ano passado. No total são quase R$ 2 milhões de reais em dívidas, uma irresponsabilidade absurda.”, disse o gestor.

No começo de janeiro já foi verificado que as dívidas em relação aos salários dos servidores ficaram perto dos 12 milhões de reais. A gestão anterior não pagou dezembro da Educação e novembro e dezembro da Saúde. Com isso, a administração atual teve que parcelar esses débitos. Agora começam a surgir mais dívidas que acabam desabando a tese do ex-prefeito de que as finanças do município, até 2020, estavam sendo bem geridas.


         Monólitos Post 

Postar um comentário

0 Comentários