Câmara Municipal vota afastamento do Prefeito de Juazeiro do Norte em primeira sessão do ano

 








                           


Logo na primeira sessão do ano, na tarde desta terça-feira (2), a Câmara Municipal de Juazeiro do Norte instaurou duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs). Como costume após a instauração de um procedimento como esse, foi votado também o afastamento do prefeito, Glêdson Bezerra (Podemos), negado por unanimidade.

Uma das CPIs diz respeito a investigação de possível nepotismo na Prefeitura por parte do gestor, com supostas nomeações de familiares. A outra CPI investiga o vice, Giovanni Sampaio (PSD), por uma possível atitude de “furar a fila” de vacinação contra a Covid-19.

Após a instauração de CPI, é de praxe a votação, na mesma sessão, do afastamento. Ao rejeitar o afastamento de Glêdson, o presidente da Câmara, Darlan Lobo (PTB), argumentou que a votação estava regulamentada por Lei, mas que o afastamento ainda era muito precoce. 

                  ( Badalo) 

Postar um comentário

0 Comentários