Porteiras - Mundinho Inácio alega falta de apoio do PT, anuncia saída da sigla e adere ao PSD

 





Joaquim de Paula, Domingos Filho e Mundinho Inácio |Reprodução.



Sem perder tempo o ex-candidato a prefeito de Porteiras nas eleições de 2020, Mundinho Inácio deixa o Partido dos Trabalhadores e se filia ao Partido Social Democrático – PSD.

Mundinho alega inúmeras situações. A ausência de apoio do principal nomes do partido no estado fragilizou a sua permanência na agremiação.Soma-se a isso, segundo Mundinho e seu grupo, o não cumprimento de promessas por parte do Governador Camilo Santana, em relação ao abastecimento de comunidades rurais e a formação de palanque contrário a chapa petista, foram o estopim para a saída do seu grupo do partido.

Mundinho, que foi candidato à prefeito com Joaquim de Paulo na vice obteve 5.259 votos, em uma eleição muito disputada, onde o Partido dos Trabalhadores conseguiu eleger três vereadores.

Os três parlamentares e seus respectivos suplentes permanecem no PT, mas o militante histórico Joaquim de Paulo e dezenas pessoas do grupo acompanharam a decisão do hoje, maior nome de oposição no município.

A adesão foi motivo de pôster no perfil do Presidente do PSD, Domingos Filho, em uma rede social, “O PSD recebe com alegria, as adesões dos ex-vereadores Mundinho Inácio e Joaquim de Paula, do município de Porteiras. Bem vindos à família 55”, escreveu.


   Paporeto

Postar um comentário

0 Comentários